Atlético-MG goleia o Flamengo e assume a vice-liderança

Atlético-MG goleia o Flamengo e assume a vice-liderançaFoto: Divulgação

O Jogo

Assim como na abertura do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG venceu o Flamengo na primeira rodada do returno. Desta vez, no Mineirão, o time de Jorge Sampaoli (que cumpriu suspensão) venceu o de Domenèc Torrent por 4 a 0, com um início de jogo avassalador. Gustavo Henrique (contra) e Keno deixaram o Galo com boa vantagem antes dos oito minutos de partida. No segundo tempo, Eduardo Sasha e Zaracho deram números finais à partida.

Briga acirrada

A disputa pela ponta da tabela do Campeonato Brasileiro segue acirrada. Mesmo com o empate diante do Coritiba, o Internacional manteve a liderança, contando com a derrota do Flamengo, que trocou de posição com o Atlético-MG. Ambos têm 35 pontos (um a menos com o Colorado), mas o Galo está em segundo por levar vantagem no número de vitórias: 11 contra 10.

Primeiro tempo

O jogo começou a todo vapor. Aos dois minutos, Éverton Ribeiro fez a bola tirar tinta da trave de Éverson em um chute de fora da área. No lance seguinte, em descida rápida do Galo, Sasha recebeu de Savarino. Na disputa, Gustavo Henrique (contra) mandou para as redes. Aos 7 minutos, Keno recebeu livre na canhota e bateu cruzado, estufando as redes de Hugo: 2 a 0. O Galo seguiu com a proposta de saídas em velocidade, marcando bem o Flamengo. Thiago Maia assustou aos 22. Aos 30, Franco respondeu, mas parou no goleiro carioca. De cabeça, Nathan teve a chance de diminuir, mas viu o arremate passar rente à baliza.

Segundo tempo

Mais uma vez, as equipes voltaram dos vestiários incomodando os goleiros. Antes dos dois minutos, Pedro obrigou Éverson a fazer uma defesaça e, no rebote, Bruno Henrique acertou o travessão, livre, na pequena área. Menos de um minuto depois, Keno chutou próximo ao travessão de Hugo. Aos 13, veio o terceiro gol do Galo, com Sasha, aproveitando cruzamento de Arana, mandando de peixinho para as redes. Aos 20, Pedro novamente parou em Éverson. Caminhando para o fim da partida, o Galo retomou a bola no ataque, e Savarino colocou Zaracho na cara de Hugo. O argentino, no primeiro toquei na bola, colocou nas redes para dar números finais.

 

 

Talvez você goste