Palmeiras empata com o Ceará e garante vaga na semifinal

Palmeiras empata com o Ceará e garante vaga na semifinal

Foto: Divulgação

Verdão na semi!

Ceará até esboçou uma reação, mas o empate por 2 a 2 na noite desta quarta-feira, na Arena Castelão, classificou o Palmeiras às semifinais da Copa do Brasil para enfrentar o vencedor do duelo entre América-MG e Internacional. Com a vitória por 3 a 0 no jogo de ida das quartas, em São Paulo, o Verdão entrou leve em campo, abriu mais dois gols de vantagem e viu o rival tentar surpreender no segundo tempo. Raphael Veiga fez os dois gols palmeirenses, enquanto Vina e Tiago Pagnussat marcaram para o Ceará

  • Como fica?

    O Verdão agora enfrenta o vencedor do duelo entre América-MG e Internacional – a equipe mineira venceu o jogo de ida por 1 a 0, no Beira-Rio. As semifinais da Copa do Brasil serão disputadas nos dias 23 e 30 de dezembro. CLIQUE AQUI e veja a tabela da competição.

O artilheiro!

Raphael Veiga brilhou, de novo, e carimbou a classificação do Palmeiras com mais dois gols, um deles de letra (veja abaixo). São cinco gols nos últimos três jogos, na melhor fase do meia com a camisa alviverde.

Central do Apito

O lance mais "polêmico" do jogo – e que demorou cinco minutos para ser revisado – foi um pênalti marcado em cima de Vina, do Ceará, quando o jogo já estava 2 a 2. O atacante, porém, havia claramente se jogado na área, sem contato com os marcadores. O árbitro Paulo Roberto Alves Júnior teve de ir ao VAR, analisar minuciosamente, para depois anular a marcação. Revoltado, o atacante Leandro Carvalho, que já havia sido substituído, xingou a arbitragem e acabou expulso

Primeiro tempo

Cheio de desfalques, o Palmeiras entrou em campo com novidades – Mayke na lateral esquerda e o garoto Aníbal no ataque, por exemplo. Os três gols de vantagem do jogo de ida deixaram o Verdão tranquilo, jogando em ritmo de treino e sem receber grande pressão do Ceará, que parecia já conformado com a iminente eliminação. Foram poucas chances, a melhor delas do Palmeiras: um rebote de Raphael Veiga após cobrança de falta que passou perto da trave de Fernando Prass. Pouco depois desse lance, o próprio Veiga sofreu pênalti de Charles, cobrou com estilo e abriu o placar. No último contra-ataque do primeiro tempo, Veiga, de novo, anotou golaço de letra após cruzamento de Lucas Lima e deixou o Verdão ainda mais sossegado.

Segundo tempo

O Ceará voltou mais ligado, enquanto o Palmeiras tirou o pé de vez, apenas administrando e tentando poupar seus jogadores. Com isso, o Vozão se animou e conseguiu buscar o empate com gols de Vina e Tiago Pagnussat, colocando certa pressão na partida. O pênalti cavado por Vina (e não marcado pela arbitragem) foi a última tentativa do Ceará. A classificação já era do Palmeiras.

 

Talvez você goste